Pai, paizão!

Com muita emoção o Raul se apresentou para o papai, cantarolou a música: Pai, Meu Super Herói.

Foi um momento emocionante, todos os pais e seus filhotes foram para a quadra e praticaram esportes (Kung Fu) foi uma manhã bem gostosa, inspiradora para as famílias.

Às vezes eu paro para recordar minha infância e vejo que o pai de hoje é muito diferente dos pais de antigamente… na minha opinião eles progrediram muito  😉 meu pai não trocava fralda de cocô e não ajudava nos afazeres de casa, era algo primitivo.

O Pai, paizão do Raul, sempre foi amável, cuidadoso com o filhote, deu os primeiros banhos, trocou fralda, ajuda sempre em casa, é responsável, um exemplo para nosso filhote, um homem para se inspirar e orgulhar.

Juntos nós construímos um lar de amor, de aprendizado e crescimento mútuo e é essa parceria que nos faz seguir rumo ao progresso da vida.

Deixo aqui um recado para as mamães ciumentas, boicotadoras rsrs… empoderem seus homens, deixem desabrochar de dentro deles esse urso amável, protetor e acima de tudo PAI!

Esse território é deles e eles saberão o que fazer!

Papai

Papai Wilson & Filhote Raul

 

Meu super herói
Não tem capa vermelha
Nem usa sua teia
Meu super herói
Não tem arma secreta
Nem máscara discreta
Mas a sua identidade eu já conheço bem
Pois quando a noite chega e ele então vem
Num abraço apertado
Carinho que me faz tão bem!

Ah, eu tenho tanto pra falar do meu pai
Essa canção vai te mostrar
Ah, eu tenho tanto amor pra dar pro meu pai
Essa canção vai te mostrar!